Eu...Familia. Amigos, todos.

19
Abr 14

 

Palavras para serem ditas com frequência...

publicado por todosdias às 19:01

18
Abr 14

Easter time

"Morre lentamente quem não vira a mesa quando está infeliz no trabalho, quem não arrisca o certo pelo incerto atrás de um sonho, 

quem não se permite, uma vez na vida, fugir dos conselhos sensatos.
Morre lentamente quem passa os dias queixando-se da má sorte ou da chuva incessante, desistindo de um projecto antes de iniciá-lo,
não perguntando sobre um assunto que desconhece e não respondendo quando lhe indagam o que sabe." Martha de Medeiros
Em época de Páscoa, em época de ressurreição....um Mantra para todos os dias! 
publicado por todosdias às 11:53
tags: , ,

16
Abr 14

Tinha pensado que quando regressasse de viagem iríamos tirar umas mini-férias nesta semana da Páscoa. Mas o meu marido foi convocado para se apresentar no IEFP, na quinta-feira e nem chegámos a fazer planos porque as coisas se decidiram por si próprias.

Resultado, após 11 dias intensos de trabalho fora de casa, aos poucos tenho andado a tentar recuperar do cansaço que se instalou. No entanto ainda sinto muito stress, muita ansiedade... muito cansaço

Em casa as coisas já vão ficando reorganizadas, as horas de sono já estão um pouco mais em dia (11 dias a dormir apenas 3h a 4h, foi dose), e o trabalho apesar de ainda ser muito já vai permitindo não ser a um ritmo tão intenso.

A partir de amanhã à tarde entro em mini-mini-férias, sem fazer planos... espero que sejam apenas dias tranquilos, dias de descanso, dias em que o tempo passe devagar, devagarinho.

Apenas abrandar e respirar num fim-de-semana prolongado. E é assim mesmo!

publicado por todosdias às 19:08

Eu não tinha vontade nenhuma de ir, mas tinha que ser, era uma reunião muito importante.

Levantar de madrugada, apanhar 3 transportes públicos, não haver reunião, regressar em mais 3 transportes públicos.

Quatro horas do meu tempo perdido só em viagens e menos 10€ no bolso.

Grrrrrrrrrrrrrrrrr

 

(o que mais me irritou foi "desculpem, esqueci-me de avisar que a reunião tinha sido cancelada")

publicado por todosdias às 18:56

13
Abr 14

Quando fui a primeira vez chorei no avião...

Quando cheguei desta vez chorei de felicidade, as saudades eram mais que muitas!

Fui tão bom abraçá-los, fiquei com o coração cheio. Hummmmmm.....

 "todososdias"

 

 

"todososdias"

 

"todososdias"

 

Hoje a manhã acordou cinzenta, mas já tínhamos decidido que íamos à praia... e fomos. Casacos, não fosse estar frio junto ao mar.

Ficámos de manga curta, pisamos a areia, molhamos os pés... O céu azul e o sol brilhava.

(É tão bom quando estamos o três.Hummmmm....)

 

publicado por todosdias às 21:23

10
Abr 14

happiness

Esperança! Esta é a palavra-chave ... Todas as tempestades acabam por passar e no final o Sol volta sempre a brilhar. 

Por muito delicada que possa estar a ser esta fase da vida que estou a passar, mantenho a mente serena e pondero que existe sempre a luz ao fundo do túnel. 
Esta é a altura de valorizar as pequenas surpresas e bons momentos do dia-a-dia. Viver um dia de cada vez, resolver uma questão de cada vez e deixar que os sentimentos e os acontecimentos fluam livremente… 

 

(L_3:50)

publicado por todosdias às 03:41

09
Abr 14

ooohhhh...

 

até já...

publicado por todosdias às 23:12
tags:

08
Abr 14

Os dias por aqui são tão intensos que não dá tempo sequer para respirar, começam de madrugada e acabam pela noite dentro. Quando chego à cama estou morta, durmo as primeiras 4 horas e depois começa o desassossego. Maldita insónia, dou voltas e voltas e nada. Ligo o PC, desligo. Levanto-me, deito-me. E nada...deve ser do ritmo de trabalho, devo ter estranhado a cama, deve ser do calor, descobri ontem que o medicamento que estou a tomar para estar por estas bandas tem como efeito secundário insónia. Será? A porcaria do Jet lag  não é, já cá estou à dez dias. Céus. Desespero com esta insónia, preciso de descansar e nada, não consigo dormir.

Quero voltar para casa, quero dormir 8h seguidas, socorro!

 

(calma, calma, está quase, está quase)

publicado por todosdias às 06:52

06
Abr 14

Da primeira vez que cá estive, foram 5 dias sem direito a fim de semana. Trabalho, hotel, trabalho.

Desta vez são mais dias e ainda por cima deste lado do planeta, sexta-feira foi feriado, resultado direito a fim de semana prolongado. Trabalho pelo meio, sim porque quando estou aqui trabalha-se e muito, mas foi tudo mais tranquilo e produtivo.

Começou logo a abrir com um pequeno almoço à beira mar. O cheiro do peixe fresco, o ar quente com uma brisa marítima, a simplicidade do lugar, com toldos como os das feiras, os pés na areia. Um Caldo de Garoupa regado com limão e gindungo a gosto, acompanhado com farinha de mandioca e batata doce. Gostei muito, mas fiquei com uma barrigada para dia todo. De regresso ao hotel, ainda deu para descansar, trabalhar e matar saudades do meu pessoal.

 "todososdias"

"todososdias"

 "todososdias"

 "todososdias"

Como adormeci cedinho, ontem acordei cedinho, a manhã rendeu bastante, terminei os pendentes da semana. O almoço foi simples, com uma caminhada pela Baía. E ainda vi dois filmes dos Óscares que tinha pendentes na minha lista.

Hoje o telemóvel tocou bem cedo, convite para ir até à praia, tinha posto na mala o biquíni, mas não tinha toalha nem protector. Ficar um domingo fechada num hotel, num sitio destes, a 8horas de avião de casa, onde nunca pensei um dia vir a estar e onde não sei se vou voltar. Até era pecado. Uma oportunidade que só se pode vir a ter uma vez na vida. Não hesitei, arregacei as leggins a fazer de calções, toalha do hotel, chinelas e lá fui eu.

Fomos de barco para a ilha, o local é paradisiaco, tal como costumamos ver nas revistas e sonhamos um dia poder estar. Eu estive!

Apesar de termos apanhado alguma chuva tropical pelo caminho, o sol quando aparecia torrava mas o vento fresco compensava. Palmeiras, uma deliciosa espreguiçadeira, musica a acompanhar e a água quentinha, quentinha.

"todososdias"

"todososdias"

 

"todososdias"

Faltou-me eles os dois, a tristeza de não estar a compartilhar com eles este lugar tão bonito.

Seria um dia perfeito se eles estivessem aqui comigo.

A saudade já aperta e muito :(

publicado por todosdias às 21:19

Dormi pouco, muito pouco. Os dias começaram cedo, muito cedo (6h, 6h30), alguns às 5h30. Uma correria...cliente, empresa, cliente.

Formação atrás de formação. Pessoas habituadas à muitos anos a um ritmo e a uma metodologia de trabalho muito à sua maneira. Já tive uma situação idêntica, e em geral este tipo de pessoas são muito resistentes à mudança, mas desta vez as coisas são piores, principalmente porque o sistema ainda apresenta muitos bugs. As pessoas não estão nos seus postos de trabalho, como era suposto, por falta de condições. Desenrascamos um Pc portátil, mas para 4 pessoas está a ser muito complicado. Estou muito preocupada com esta semana, só vou estar por com elas mais três dias, já deveríamos estar numa fase em que elas já estariam mais autónomas no sistema e eu ia só fazer acompanhamento, mas por causa dos obstáculos que tivemos inesperados, ainda vou ter que dar formação, não sei como vai ser. 

Passar o dia todo a transpirar, ando sempre peganhenta, o calor e a humidade são mais que muitos, além de ter que andar sempre com roupas relativamente compostas num sítio onde só apetece andar de calções, blusa de alças e calçar umas sandálias.

Ao fim do dia no hotel, ponto de situação, identificação de constrangimentos e/ou melhorias, relatórios...um ritmo tão acelerado, que até as poucas horas de cama que tive, não conseguia dormir.

Chorei, desesperei, tive vontade de voltar para casa...

Mas apesar de tudo vou até ao fim. Vou dar tudo por tudo para cumprir o meu objectivo. Vou continuar a dar o meu melhor e acreditar que tudo vai correr bem.

 

 

 

 

publicado por todosdias às 19:41

Abril 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
11
12

14
15
17

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30


subscrever feeds
Conta Todos
mais sobre mim
Vasculhar nos dias
 
favoritos

Carta ao pai

Direitos de Autor
Todas as fotos/imagens que tenham "todososdias" são minhas. Todas as outras, são retiradas da net
Preserverança
" Jogo a minha rede no mar da vida e às vezes, quando a recolho, descubro que ela retorna vazia. Não há como não me entristecer e não há como desistir. Deixo a lágrima correr, vinda das ondas que me renovam, por dentro, em silêncio: dor que não verte, envenena. O coração marejado, arrumo, como posso, os meus sentimentos. Passo a limpo os meus sonhos. Ajeito, da melhor forma que sei, a força que me move. Guardo a minha rede e deixo o dia dormir. Com toda a tristeza pelas redes que voltam vazias, sou corajosa o bastante para não me acostumar com essa ideia. Se gente não fosse feita pra ser feliz, Deus não teria caprichado tanto nos detalhes. Perseverança não é somente acreditar na própria rede. Perseverança é não deixar de crer na capacidade de renovação das águas. Hoje, o dia pode não ter sido bom, mas amanhã será outro mar. E eu estarei lá na beira da praia de novo. " Ana Jacomo
Recortes_Sapo_Out12
blogs SAPO