Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




- ♥ -

todosdias, em 13.05.16

have.jpg

Autoria e outros dados (tags, etc)


Eu de ti, Maria não me esqueço ♡

todosdias, em 13.05.16

Maria da minha infância

(P. Zézinho)

Eu era pequenino, nem me lembro,
só lembro que, à noite, ao pé da cama,
juntava as mãozinhas e rezava apressado,
mas rezava como quem ama.

 

Nas Avé Marias que eu rezava
eu sempre engolia as palavras,
E, muito cansado, acabava dormindo,
mas dormia como quem amava.

 

Avé, Maria, Mãe de Jesus,
o tempo passa, não volta mais,
tenho saudades daquele tempo
que te chamava minha mãe.
Avé, Maria, Mãe de Jesus, Avé, Maria, Mãe de Jesus.

 

Depois fui crescendo, eu me lembro,
e fui esquecendo nossa amizade.
Chegava lá a casa abatido e cansado,
de rezar não tinha vontade.

 

Andei duvidando, eu me lembro,
das coisas mais puras que me ensinaram.
Perdi o costume da criança inocente,
minhas mãos já quase não se juntaram.

 

Nas Avé Marias que hoje rezo
esqueço as palavras e adormeço
E, embora cansado, sem rezar como devo,
eu de ti, Maria, não me esqueço.

fatima3.jpg(a mensagem desta canção acompanha-me desde a minha infância, não consigo conter as lágrimas sempre que a canto, cada palavra são o espelho de mim e da minha relação com Maria)

 

Comigo todos os dias!

Autoria e outros dados (tags, etc)


- ♥ -

todosdias, em 12.05.16

hope.jpg

Autoria e outros dados (tags, etc)

chuva.jpg

É do tempo... Os dias amanhecem cinzentos, sombrios. A chuva não nos têm largado, teima em não querer ir embora. Não está frio... mas tudo isto muito me entristece. É cansaço. É tristeza. É angustia. É medo. É ...sei lá! 

Não quero pensar muito no que quer que seja, não me apetece nada, não tenho vontade para nada. Apenas limito-me ao que tenho obrigatoriamente que fazer. Sai de manhã para caminhar, mas nem isso consegui, a meio a chuva empurrou-me de volta a casa. Quando tudo parece conspirar contra mim, talvez seja melhor ficar apenas comigo, sossegada no meu canto. 

É certo que as minhas ansiedades de outros tempos estão mais ténues, aos poucos vão sendo substituídas por nostalgia e tristeza. Ultimamente volto a acordar ainda o dia não nasceu, que me traz à memória noites muito duras, mas apesar de andar a dormir muito poucas horas na verdade não me sinto com falta de horas de sono como antigamente, e logo de manhã bem cedo já estou de pé.

É certo que o tempo também têm estado a combinar com este meu estado de espírito, portanto será o tempo desculpa para tudo, não, não justifica o meu estado de espírito. Ou justifica?

Ou...não é pelo tempo de chuva, nem por desculpa minha, é por nós que teimam em não desatar...não é do tempo, nem do cansaço, nem da tristeza, nem do medo, é sim desta minha maldita maneira de ser que a me leva a estar sempre preocupada por antecipação.

Tento mudar os meus pensamentos, tento pensar em coisas boas só para ver se me distraio e relego esta preocupação triste que chega mansinho, por ora. 

 

Venha o sol!

(valha-me um trabalho de economia da minha filha que me têm ajudado a passar os dias)

Autoria e outros dados (tags, etc)


- ♥ -

todosdias, em 10.05.16

rumi.jpg

Autoria e outros dados (tags, etc)


Só de pode ser feliz simplificando

todosdias, em 09.05.16

simples.jpg

"Só se pode ser feliz simplificando, simplificando sempre, arrancando, diminuindo, esmagando, reduzindo; e a inteligência cria em volta de nós um mar imenso de ondas, de espumas, de destroços, no meio do qual somos depois o náufrago que se revolta, que se debate em vão, que não quer desaparecer sem estreitar de encontro ao peito qualquer coisa que anda longe: raio de sol em reflexo de estrelas. E todos os astros moram lá no alto." Florbela Espanca, em "Diário do Último Ano"

 

Tudo de que preciso está dentro de mim. Nunca estará em nenhum lugar. Simples assim ♡

Autoria e outros dados (tags, etc)


Mais sobre mim

foto do autor


Preserverança

" Jogo a minha rede no mar da vida e às vezes, quando a recolho, descubro que ela retorna vazia. Não há como não me entristecer e não há como desistir. Deixo a lágrima correr, vinda das ondas que me renovam, por dentro, em silêncio: dor que não verte, envenena. O coração marejado, arrumo, como posso, os meus sentimentos. Passo a limpo os meus sonhos. Ajeito, da melhor forma que sei, a força que me move. Guardo a minha rede e deixo o dia dormir. Com toda a tristeza pelas redes que voltam vazias, sou corajosa o bastante para não me acostumar com essa ideia. Se gente não fosse feita pra ser feliz, Deus não teria caprichado tanto nos detalhes. Perseverança não é somente acreditar na própria rede. Perseverança é não deixar de crer na capacidade de renovação das águas. Hoje, o dia pode não ter sido bom, mas amanhã será outro mar. E eu estarei lá na beira da praia de novo. " Ana Jacomo

Direitos de autor

* Todas as fotos/imagens que tenham "todososdias" são minhas. Todas as outras, são retiradas da internet e estão aqui porque aparentemente são públicas. * Qualquer correção na citação da autoria (imagens ou mensagens) é só entrar em contato para eu poder corrigir.


Dias antigos

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D


Recortes_Sapo_Out12

recortes_sapo_ago14

destaques_Sapo_Dez14

Conta todos