Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]





Agradecer

todosdias, em 26.07.13

"Quando eu deixei de olhar tão ansiosamente para o que me faltava e passeia a olhar com gentileza para o que eu tinha, descobri que, de verdade, há muito mais a agradecer do que a pedir." Ana Jácomo

 

Sou grata! E é assim mesmo!

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:


Um novo inicio

todosdias, em 25.07.13

"No fim do silêncio está a resposta,

 No fim dos nossos dias está a morte.

 No fim da nossa vida, um novo inicio." 

 poema taoista, Lao Tzu, em "A fórmula de Deus"

 

Gostei muita da forma como este livro nos expõe o nosso Deus e impressionou-me a forma como nos é mostrado o lado cientifico da Bíblia (livro que mora na minha mesa de cabeceira e que de quando em vez vou lendo numa missão sem prazo), com muita física e muitos conceitos por vezes complexos. Uma boa companhia que me distraiu a mente e a levou em viagem desde Lisboa ao Tibete, passando pelo Irão. Gostei!

Autoria e outros dados (tags, etc)


Aproveito o dia!

todosdias, em 24.07.13

Autoria e outros dados (tags, etc)


até mim

todosdias, em 22.07.13

"A sorte, para chegar até mim tem de passar pelas condições que o meu carácter lhe impõe." Chamfort

Somos nós que condicionamos a nossa evolução, o nosso destino, com barreiras e mais barreiras de preconceitos e medos.

Deixo fluir. E é assim mesmo!

Autoria e outros dados (tags, etc)


Assim segue a vida…

todosdias, em 19.07.13

o pessimista vê dificuldade em cada oportunidade;

o otimista vê oportunidade em cada dificuldade.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:


Bem-estar

todosdias, em 18.07.13

Nestes meus dias agitados, não por excesso de trabalho mas exatamente por ausência do mesmo, a minha mente anda exausta. Temo os dias que vão passando como uma assustadora realidade que insiste em ficar e todos os meus esforços para continuar estão a ser em vão. É com meditação que tento acalmar a minha mente.  Com a mente sob controle, posso aceitar melhor as condições do meu dia-a-dia. E até me permitir ter uma nova postura e mais disposição para continuar em direção aos meus objetivos.

Todos os dias percebo que se eu estiver com atenção para tudo que existe fora de mim, fico exausta. Tudo o que me rodeia deixa-me irritada, perturbada, anciosa. Ainda por cima as pessoas que me rodeiam encontram-se agitadas e precisam de atenção como se a vida girasse apenas à volta delas e dos seus problemas. Sou como sou e inevitavelmente não consigo ficar indiferente a elas. Uso então a minha defesa, paro uns momentos e espiro fundo. Posso parecer indiferente e quando sorriu tento vestir uma capa que me ajuda a continuar e a seguir em frente.

O mundo esta repleto de elementos para nos distrair de nós mesmos a cada olhar. Meditar é essencial nos dias de hoje. O esforço nunca é em vão. Mesmo quando passo alguns minutos tentando acalmar o burburinho dos meus pensamentos. Sempre vale a pena, pois em algum momento inesperado sei que acabo por entrar em contato com a paz de estar segura dentro de mim.   

Muito à minha maneira, sem regras, tento sempre que posso passar alguns minutos a prestar atenção à minha respiração. Por vezes a mente insiste em dispersar-se em pensamentos que se amontoam sem direção, nessas alturas rezo e a teimosa da mente acaba por se render. Comecei com estas dicas que li num livro:

1º Encontrar um lugar confortável para o corpo físico, de preferência sentados com a coluna direita. A proposta é nos tratarmos bem, e devemos começar pela nossa coluna. Esta postura fará ficarmos atentos e despertos;

2º Respirar profundamente e soltar toda a tensão muscular. Observar se ainda estamos a contrair alguma parte do nosso corpo. Pescoço, parte inferior da coluna, pés, mãos, ombros são sempre os mais teimosos e resistentes ao relaxamento;

3º Respirar profundamente outra vez, agora já mais conscientes de nós mesmos. Com os olhos fechados ou semi-abertos, observar a respiração livre. Manter durante o tempo que acharmos necessário para acalmar os nossos pensamentos. Este procedimento é só um artifício para dominar nossa mente tagarela. Assim nós estamos a viver o agora, e é neste momento que os milagres acontecem.

 

Faço durante alguns minutos, todos os dias. Quando comecei não estava à espera que se tornasse um hábito. Faço a qualquer momento. Não importa onde ou com eu esteja, o que vale é o bem-estar que sinto. E é assim mesmo!

Autoria e outros dados (tags, etc)

Pág. 1/3



Mais sobre mim

foto do autor


Preserverança

" Jogo a minha rede no mar da vida e às vezes, quando a recolho, descubro que ela retorna vazia. Não há como não me entristecer e não há como desistir. Deixo a lágrima correr, vinda das ondas que me renovam, por dentro, em silêncio: dor que não verte, envenena. O coração marejado, arrumo, como posso, os meus sentimentos. Passo a limpo os meus sonhos. Ajeito, da melhor forma que sei, a força que me move. Guardo a minha rede e deixo o dia dormir. Com toda a tristeza pelas redes que voltam vazias, sou corajosa o bastante para não me acostumar com essa ideia. Se gente não fosse feita pra ser feliz, Deus não teria caprichado tanto nos detalhes. Perseverança não é somente acreditar na própria rede. Perseverança é não deixar de crer na capacidade de renovação das águas. Hoje, o dia pode não ter sido bom, mas amanhã será outro mar. E eu estarei lá na beira da praia de novo. " Ana Jacomo

Direitos de autor

* Todas as fotos/imagens que tenham "todososdias" são minhas. Todas as outras, são retiradas da internet e estão aqui porque aparentemente são públicas. * Qualquer correção na citação da autoria (imagens ou mensagens) é só entrar em contato para eu poder corrigir.


Dias antigos

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D


Recortes_Sapo_Out12

recortes_sapo_ago14

destaques_Sapo_Dez14

Conta todos