Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]





quando se ama

todosdias, em 31.12.14

love.jpg

 

"quando se ama, naquele exacto segundo em que se ama, tem de se acreditar que é para sempre. mais: tem de se ter a certeza de que é para sempre. amar, mesmo que por segundos, mesmo que por instantes, é para sempre. e é isso, essa sensação de segundos ou de minutos ou de dias ou de horas ou de anos ou meses, que é para sempre. ama. ama por inteiro. ama sem nada pelo meio. ama, ama, ama, ama. ama. porque é só por aquilo que te faz perder a respiração que vale a pena respirar." pedro chagas freitas

estas palavras encontraram-me, sem duvida que foi o amor que mais marcou o ano que agora acaba, profundamente grata pelo amor por inteiro que partilhamos os três. brindo ao amor ... o meu coração, sem esforço, vai reconhecendo que voçês dois são a minha casa, a minha paz, o meu sossego, a minha certeza maior. amo-vos mais que demais.

Feliz 2015 para nós!

Autoria e outros dados (tags, etc)


recuperar energias

todosdias, em 31.12.14

meias.jpgcofe.jpgwarm.jpg 

É sem dúvida uma das épocas mais bonitas do ano, também é verdade que o Natal passa a voar. Estes dias estamos em mini-férias, quase sempre estamos de férias entre o Natal e o Ano Novo, sou uma sortuda admito, e sem duvida esta é a altura prefeita para descansar um pouco e recuperar energias. Dormimos até tarde, calçamos muitas meias quentinhas, tomamos o pequeno almoço com calma, e passamos algumas tardes em modo-sofá. Hummm, com o friozinho que têm estado...sabe bem!

Autoria e outros dados (tags, etc)


os ultimos dias do ano

todosdias, em 30.12.14

bb.jpg 

Os últimos dias do ano... altura de dedicar alguns dos meus pensamentos, rabiscos e silêncio a estes dias. De pensar em tudo o que fiz nos 365 dias que tive pela frente. De como enfrentei os dias difíceis, de como valorizei tudo o que recebi, de como me levantei após cada queda, de como vivi com as minhas ansiedades e insónias, de como ultrapassei e venci obstáculos, do que aprendi, de como celebrei cada pequena conquista, de como apreciei estar a viver esta vida.
Vou acertando notas do que passou, de todas as angustias, de todas as vezes que disse não e todas as outras em que o devia ter feito, de todas as lufadas de ar fresco que senti quando arrisquei sair do sofá, do conforto, da rotina. Sair de casa a muitos kms de distância, foi sem duvida um dos maiores desafios que enfrentei em 2014, Angola marcou a minha vida. Todas as vezes que voltei a tomar as rédeas da minha vida e todas em que senti o gozo incomparável de arriscar e, no fim, correr bem. Ou menos bem. Não importa, arrisquei. Confiei, acreditei, arrisquei. Fiz. Tentei. Fiz e tentei mais e melhor. Tropecei algumas vezes, caí tantas outras, muitas vezes sozinha ou porque quis fazê-lo sozinha, noutras tive ajuda para me levantar, mas nunca estive sozinha. Sou grata por isso, e sou grata a tantas pessoas.
Não tive e não tenho a ilusão de ser feliz todos os dias, a todas as horas, permanentemente. Mas tenho a vontade, o desejo e a força de querer tornar os meus dias sempre mais solarengos, sempre mais luminosos, sempre mais bonitos. Nem sempre consigo, e as perspectivas para o inicio do novo ano, não são as melhores. O projecto acabou e apenas me restam mais seis meses para tentar algo novo, algo com o qual ainda não consegui me identificar e que ainda não consegui acreditar, mas como o meu marido acabou o fundo de desemprego, tenho que me agarrar a qualquer coisa. Foi uma difícil decisão de final de ano, e ser a partir do primeiro dia do ano a única fonte de rendimento cá por casa, vai ser duro...mas vou continuar a tentar, vou arriscar.
Quando está prestes a chegar um novo ano, um novo recomeço, há na agenda (nova) uma pequena lista de resoluções que quero trazer sempre por perto. Estamos em tempo de mudar, sem medo ou com medo mas com coragem e fé, acreditar que tudo pode ser melhor. E é assim mesmo!
 
 

Autoria e outros dados (tags, etc)

...quando a sogra liga a pedir para eu lhe fazer bolo para a passagem de ano, porque os bolos que lhe fiz pelo natal foram para casa dos meus cunhados. Esta senhora têm o condão de me irritar profundamente, o ano passado não pudemos comer, este ano julgava que estava a fazer bolos para a minha sogra e descubro que andei a fazer bolos para os meus cunhados porque a minha cunhada não quis ou não lhe apeteceu fazer.

Se à coisa que me dá muito prazer é cozinhar, cozinhar para os outros enche-me o coração e a alma, e não consigo ir para lado nenhum sem levar alguma coisa feita por mim, mas usarem e abusarem ultrapassa os limites, detesto que façam de mim parva. Desta vez passei-me e perguntei-lhe porque não pede à minha cunhada, porque é que tem que ser a mim. 

(amanhã sai mais um bolinho para a sogrinha, só me apetece é dizer palavrões a mim mesma, grrrrrrr)

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

erva doce.jpg

 Erva-Doce – Suave calmante, digestivo, elimina os gases intestinais e o mau hálito, alivia cólicas intestinais nas crianças.

"Amar a si próprio. Não tema em dar valor e apreciar o quanto é único. Se a Luz o criou e colocou todas as energias em si, voçê é alguem muito especial."

Autoria e outros dados (tags, etc)


Prenda no sapatinho

todosdias, em 29.12.14

Deixaram-me no "sapatinho" um desafio de natal! E como o natal é quando nós queremos, acho que ainda vou a tempo. Muito obrigada Mia!

Árvore de Natal artificial ou natural?

Cá por casa é artificial, com a estrela a bater no teto, mas tenho muitas saudades da árvore natural, o cheiro a pinheiro que enchia a casa e a aventura que era irmos apanhar. 

Natal com neve ou sol?

O ano passado tive o privilégio de ter estado uns dias antes do natal em Angola, e achei tão engraçado como eles vivem esta época, nem parecia que estávamos quase no natal, sem duvida natal para mim é com frio.

Esperar pela manhã ou abrir os presentes à meia-noite?

Por aqui temos dois natais todos os anos. O primeiro é à meia-noite na minha sogra onde o natal é consumista e tudo é comprado feito, celebra-se o pai natal. O segundo é com sapatinho na chaminé e de manhã onde o natal é família, sabores, aromas e amor, celebra-se o nascimento do menino Jesus. 

Qual o filme que adoras ver nesta altura?

Filmes de aventuras e de animação, estamos em família dos 6 aos 86 anos.

Cânticos de Natal nos shoppings? Sim ou não?

Claro que sim, luzes, enfeites, etc. 

Qual o uniforme que usas no dia de Natal?

Roupa confortável, em família o importante é estarmos confortáveis. 

Qual a tua comida de Natal preferida?

As filhoses de abóbora da minha avó. 

O que queres receber este Natal?

O que recebi...amor. 

Planeias antecipadamente os presentes ou é à última hora?

Gosto de tudo planeado com antecedência. É muito raro fazer compras de ultima hora, arrependo-me sempre. 

Vestes-te de pai natal?

Não, mas gosto de por o gorro, tenho um com estrelinhas que me acompanha à 20 anos. 

Qual a tua música favorita de Natal?

Gosto das cantadas pela Diana Krall 

Onde vais passar o Natal este ano?

Como todos anos, dia 24 com os meus sogros, dia 25 com as minhas "marias" e os dois "maneis" (avó, mãe, irmã, filha, sobrinha, marido, cunhado).

Foi um feliz natal, porque estivemos todos juntos!

Autoria e outros dados (tags, etc)

Pág. 1/8



Mais sobre mim

foto do autor


Preserverança

" Jogo a minha rede no mar da vida e às vezes, quando a recolho, descubro que ela retorna vazia. Não há como não me entristecer e não há como desistir. Deixo a lágrima correr, vinda das ondas que me renovam, por dentro, em silêncio: dor que não verte, envenena. O coração marejado, arrumo, como posso, os meus sentimentos. Passo a limpo os meus sonhos. Ajeito, da melhor forma que sei, a força que me move. Guardo a minha rede e deixo o dia dormir. Com toda a tristeza pelas redes que voltam vazias, sou corajosa o bastante para não me acostumar com essa ideia. Se gente não fosse feita pra ser feliz, Deus não teria caprichado tanto nos detalhes. Perseverança não é somente acreditar na própria rede. Perseverança é não deixar de crer na capacidade de renovação das águas. Hoje, o dia pode não ter sido bom, mas amanhã será outro mar. E eu estarei lá na beira da praia de novo. " Ana Jacomo

Direitos de autor

* Todas as fotos/imagens que tenham "todososdias" são minhas. Todas as outras, são retiradas da internet e estão aqui porque aparentemente são públicas. * Qualquer correção na citação da autoria (imagens ou mensagens) é só entrar em contato para eu poder corrigir.


Dias antigos

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D


Recortes_Sapo_Out12

recortes_sapo_ago14

destaques_Sapo_Dez14

Conta todos