Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




A ‘madame’ passa horas ao telemóvel lá fora, ainda por cima tem dois, portanto ter de gerir dois exige tempo a dobrar lá fora. Está certo!

Cá dentro, está sempre de auriculares nos ouvidos, quando tentamos falar para ela, não chamamos, gritamos! Por vezes, nós ou os de fora temos de lhe tocar para ela perceber/ouvir… irra@!

O meu dia a dia de trabalho é sempre preenchido com muita gente á minha volta, impossível estar de auriculares ligados, no entanto quando as coisas estão mais calmas costumo estar apenas com um auricular, tipo “olho no burro, olho no cigano”, primeiro ninguém é obrigado a ouvir a musica que eu oiço e segundo tenho de estar muita atenta a tudo o que se passa à minha volta, aqui não dá para distrações.

Mesmo tendo sido chamada a atenção, a ‘madame’ continua a não largar o telemóvel, nem os auriculares. O cerne da questão é que como a chefia não consegue resolver diretamente com ela esta pequenina falta de discernimento, estamos todos de ‘castigo’…. irra@!

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Enquanto não chegam os novos monitores para o horário de final de dia temos que assegurar que a ‘madame’ não fique sozinha, resultado duas semanas de trocas de horários entre a restante equipa, calhou-me na rifa dois dias… irra@!

Dois dias de subir paredes, levanto-me à mesma hora por causa das ‘marmitas’, tenho de ir apanhar transportes mais cedo [a meio da manhã os barcos só circulam de hora a hora, das duas uma: ou chego atrasada e levo com um telefonema dos RH a dizer que vou ter de compensar o atraso, ou chego uma hora mais cedo, dou mais uma hora à casa e os RH dizem que é problema meu]. Por fim regressar a casa já de noite.

Entrar mais tarde, sair mais tarde. Opá!... Dois dias mudança de rotinas, não faz mal a ninguém, é certo. Hoje pelos outros, amanhã pode ser por mim. O cerne da questão é que a ‘madame’ vai o tempo todo lá para fora para o telefone, e eu fico sozinha... irra@!

Autoria e outros dados (tags, etc)


Sol de outono ☀️🍁

todosdias, em 26.09.23

sol de outono 2.jpg

O outono chegou e com ele o sol vermelho-alaranjado, o sol conforto, o sol aconchego ... sol que me traz um novo tempo e me mostra a vida de outra forma, de outro prisma.

É tempo de não me focar no pequeno, no detalhezinho, mas nas questões de fundo. O que me inquieta? Quais os meus anseios? É tempo para juntar essas questões e depois encontrar forma de as resolver.

Por vezes carrego às costas desafios e mais desafios - meus e dos outros - e quando dou por mim perdi a perspectiva. Com esta postura não consigo ver em frente o horizonte, as soluções e as novas oportunidades que este sol de outono trás.

Gosto do outono, gosto deste sol de outono que desperta características minhas: alegria, otimismo e a clareza com que olho para as situações. Apenas há que voltar a acreditar no eu que vê o bem em tudo e em todos.  

Observo os raios deste sol de outono, que chegam ao final do dia, uma paleta de cores vermelho-alaranjado, abro a janela e sinto o ar na forma de vento a entrar e revirar tudo. O pó desaparece, a luz mostra o que estava escondido, nomeadamente as soluções que precisava. E é assim mesmo!

Autoria e outros dados (tags, etc)


de pernas para o ar*

todosdias, em 18.09.23

Screenshot_20230918_215129_Chrome.jpg

"Pensar de pernas para o ar
é uma grande maneira de pensar
com toda a gente a pensar como toda a gente
ninguém pensava nada diferente

Que bom é pensar em outras coisas
e olhar para as coisas noutra posição
as coisas sérias que cómicas que são
com o céu para baixo e para cima o chão" M. Pina

 

*de preferência em equilíbrio 🙃

Autoria e outros dados (tags, etc)


Este post é sobre objetivos

todosdias, em 11.09.23

learn.jpg

“Um dos desafios de quando atingimos alguns dos nossos objetivos prende-se com a questão: - “o que é que eu vou fazer com o que conquistei?” autor desconhecido

Estas palavras encontraram-me… essa é a questão central do que me faz reviver o que aprendi até aqui. Tenho construído o meu caminho ao longo do tempo e aos poucos vou estabelecendo alicerces com alguns dos meus objetivos, mesmo com os mais complicados cheios de obstáculos, tristezas e dores. Mas é tempo de concretizar processos aos quais dediquei e ainda dedico tempo e alma, até porque se defini objetivos os mesmos nasceram da minha fé e força em acreditar. E é assim mesmo!

Autoria e outros dados (tags, etc)


setembro ❥ | (re)organizar 🍂

todosdias, em 08.09.23

fall.jpg

O tempo começa a dar sinais de um outono que está quase a chegar 🍂 É o momento perfeito para deixar a casa limpa e aconchegante, (re)organizar tudo para os dias frios que se aproximam. Já elaborei as minhas listas de tarefas para todo o mês de setembro 📌. Nada mais reconfortante que um fim-de-semana na nossa casa, é tão bom cuidar de nós!

Autoria e outros dados (tags, etc)

Pág. 1/2



Mais sobre mim

foto do autor


Preserverança

" Jogo a minha rede no mar da vida e às vezes, quando a recolho, descubro que ela retorna vazia. Não há como não me entristecer e não há como desistir. Deixo a lágrima correr, vinda das ondas que me renovam, por dentro, em silêncio: dor que não verte, envenena. O coração marejado, arrumo, como posso, os meus sentimentos. Passo a limpo os meus sonhos. Ajeito, da melhor forma que sei, a força que me move. Guardo a minha rede e deixo o dia dormir. Com toda a tristeza pelas redes que voltam vazias, sou corajosa o bastante para não me acostumar com essa ideia. Se gente não fosse feita pra ser feliz, Deus não teria caprichado tanto nos detalhes. Perseverança não é somente acreditar na própria rede. Perseverança é não deixar de crer na capacidade de renovação das águas. Hoje, o dia pode não ter sido bom, mas amanhã será outro mar. E eu estarei lá na beira da praia de novo. " Ana Jacomo

Direitos de autor

* Todas as fotos/imagens que tenham "todososdias" são minhas. Todas as outras, são retiradas da internet e estão aqui porque aparentemente são públicas. * Qualquer correção na citação da autoria (imagens ou mensagens) é só entrar em contato para eu poder corrigir.


Dias antigos

  1. 2024
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2023
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2022
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2021
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2020
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2019
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2018
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2017
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2016
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2015
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2014
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2013
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2012
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2011
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D