Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]





dança a dobrar

todosdias, em 26.03.12

Sexta actuaram na escola...gostava de ter ido "espreitar", mas era o ambiente dela e estava menos à vontade porque os colegas da escola gozam, metem-se com elas e isso incomoda-a mais, sou mãe galinha, mas não quero que a minha filha seja gozada na escola porque estava lá a "mãezinha". Correu bem, mas para além de estar adoentada ela só se manifesta com euforia quando as coisas lhe correm mesmo muito bem, porque de resto é muito contida e ponderada.

 

Sábado foi o festival, foi muito giro, um pouco longo (14 grupos/mais de 4h de espectáculo). Elas, claro,  foram as melhores, mesmo sendo suspeita, o grupo é muito homogéneo e alegre. É emocionante ver a minha filha desfilar, representando a colectividade e a sua cidade, sentir o orgulho com que elas vestem as suas camisolas. Muitos dos nossos jovens deviam ter actividades assim, ganham valores de comunidade, partilha, amizade, sem falar em auto-estima, amor próprio, confiança.

 

E nós pais, também é um grupo giro, gritamos por elas, acompanhamos e no fundo também nos divertimos. No entanto tenho reparado que algumas miúdas nunca são acompanhadas pelos pais, alguns não os conheço, nem nunca os vi, entendo que por vezes nem sempre é possível, mas caramba são na sua maioria jovens em idade pré-adolescente...onde estão estes pais? não percebem que é muito importante acompanharmos os nossos filhos mesmo nas suas vitórias? não entendo???

 

(parece que novos convites para o grupo estão a surgir...elááá...que fixe...venham danças, venham danças)

Autoria e outros dados (tags, etc)



Mais sobre mim

foto do autor


Preserverança

" Jogo a minha rede no mar da vida e às vezes, quando a recolho, descubro que ela retorna vazia. Não há como não me entristecer e não há como desistir. Deixo a lágrima correr, vinda das ondas que me renovam, por dentro, em silêncio: dor que não verte, envenena. O coração marejado, arrumo, como posso, os meus sentimentos. Passo a limpo os meus sonhos. Ajeito, da melhor forma que sei, a força que me move. Guardo a minha rede e deixo o dia dormir. Com toda a tristeza pelas redes que voltam vazias, sou corajosa o bastante para não me acostumar com essa ideia. Se gente não fosse feita pra ser feliz, Deus não teria caprichado tanto nos detalhes. Perseverança não é somente acreditar na própria rede. Perseverança é não deixar de crer na capacidade de renovação das águas. Hoje, o dia pode não ter sido bom, mas amanhã será outro mar. E eu estarei lá na beira da praia de novo. " Ana Jacomo

Direitos de autor

* Todas as fotos/imagens que tenham "todososdias" são minhas. Todas as outras, são retiradas da internet e estão aqui porque aparentemente são públicas. * Qualquer correção na citação da autoria (imagens ou mensagens) é só entrar em contato para eu poder corrigir.


Dias antigos

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D



Recortes_Sapo_Out12

recortes_sapo_ago14

destaques_Sapo_Dez14

destaques_Sapo_Ago18