Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]





seis meses já passaram

todosdias, em 29.03.16

pausa2.jpg

O mais difícil desta imensa pausa é que os meus medos vão-me destruindo, a promessa de trabalho para Janeiro saltou para Fevereiro e prolongou-se até Março. Prometi a mim mesma que ganhava coragem e que depois da Páscoa ia tentar perceber o porquê desta tão longa espera, uma receita médica foi o mote e eu que pensava que andava a adiar a vida encarregou-se de adiar por mim. A candidatura não foi aceite porque um dos requisitos é eu estar desempregada à mais de seis meses, por isso só em Abril é que se pode submeter nova candidatura.

 

Doeu, senti o mundo desabar um pouco dentro de mim,  mas a promessa mantêm-se. Saber a verdade alivia a minha ansiedade diária a cada vez que o telefone toca, mas um misto de tristeza e medo que volte a falhar encheu o meu coração. A verdade é que as coisas para nós nunca avançam à primeira, as chaves nunca giram à primeira, as portas nunca abrem sozinhas...temos sempre que empurrar, com muita, muita força.

 

Nos momentos de maior insegurança e medo pergunto-me se não me estou a acomodar, ou se é a minha ansiedade a falar mais alto. Os dias estão a custar a passar, estão a custar a virar ao contrário, mas acredito e tenho fé que apesar de tardar as coisas não vão falhar. Respiro fundo e tento acalmar o meu coração, digo-lhe que basta deixar fluir e deixar que as coisas voltem aos seus lugares pela mão da vida. Acredito e tenho fé que todos os dias o dia que espero fica mais perto. E é assim mesmo!

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)



Mais sobre mim

foto do autor


Preserverança

" Jogo a minha rede no mar da vida e às vezes, quando a recolho, descubro que ela retorna vazia. Não há como não me entristecer e não há como desistir. Deixo a lágrima correr, vinda das ondas que me renovam, por dentro, em silêncio: dor que não verte, envenena. O coração marejado, arrumo, como posso, os meus sentimentos. Passo a limpo os meus sonhos. Ajeito, da melhor forma que sei, a força que me move. Guardo a minha rede e deixo o dia dormir. Com toda a tristeza pelas redes que voltam vazias, sou corajosa o bastante para não me acostumar com essa ideia. Se gente não fosse feita pra ser feliz, Deus não teria caprichado tanto nos detalhes. Perseverança não é somente acreditar na própria rede. Perseverança é não deixar de crer na capacidade de renovação das águas. Hoje, o dia pode não ter sido bom, mas amanhã será outro mar. E eu estarei lá na beira da praia de novo. " Ana Jacomo

Direitos de autor

* Todas as fotos/imagens que tenham "todososdias" são minhas. Todas as outras, são retiradas da internet e estão aqui porque aparentemente são públicas. * Qualquer correção na citação da autoria (imagens ou mensagens) é só entrar em contato para eu poder corrigir.


Dias antigos

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2018
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2017
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2016
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2015
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2014
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2013
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2012
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2011
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D