Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



three rules.jpg

 

1. Se não for atrás do que quero, nunca terei.

2. Se não perguntar, a resposta será sempre não.

3. Se  não avançar, permanecerei sempre no mesmo lugar.

E é assim mesmo!

Autoria e outros dados (tags, etc)


| Nunca desistir! Em frente 🚶🙏

todosdias, em 12.12.18

_20181212_220931.JPG

Estaѕ palavras encontraram-me...

Quem mais fracassa, ou melhor, quem mais erra – porque não existem fracassos, existem erros - é quem arranja desculpas para tudo e mais alguma coisa para não fazer coisa nenhuma, é quem se acomoda nos obstáculos do caminho e não concretiza.


Há quanto tempo ando a adiar essas coisas que me dão tanto prazer, por conta de obstáculos e erros? Há tempo demais… os meus projectos profissionais, os meus propósitos de vida, enfim, pegar em tudo, e tornar a minha existência mais prazerosa, mais dinâmica, mais construtiva. Aplicar as minhas potencialidades a fundo e não desistir.  Tenho fé e acredito que prémio existe, ou melhor, está ao alcance proporcionalmente ao meu empenho. Todos os dias tenho de fazer mais por merecê-lo. E é assim mesmo!

Autoria e outros dados (tags, etc)

chaminé.jpg

"todososdias" 

 

Ás vezes o único jeito de seguir em frente é mudar de direção.

 

 

Chegar a Setembro um "ano novo" (re)começa, novamente Setembro é um fechar de ciclos e um (re)começar de outros. Setembro é renovação e este volta a não ser excepção. 

(re)começar é, por vezes, voltar ao princípio de tudo, mas independentemente de todos os ganhos e de todas as perdas, sou dona de mim, sou dona das minhas decisões e escolhas, sou dona do meu pequeno mundo 

(re)começar ouvindo a minha intuição, nos meus sonhos mando eu, na minha vida vivo por mim, acredito em mim e decido por mim.

(re)começar Setembro com muita esperança, tenho fé e acredito que a bússola que me orienta está calibrada com o único ritmo que me conhece por dentro: o do coração. 

E é assim mesmo!

 

 



Autoria e outros dados (tags, etc)


#querido agosto - (re)começar

todosdias, em 01.08.17

ericeira.jpg

"todososdias" 

 

" Quando puderes, recomeça. Faz outra vez. Esquece o que te fez andar para trás e anda para a frente.

Quando puderes, recomeça. Decide como se fosse a primeira vez. Prepara-te como se fosse a primeira aventura. Olha como se fosse o primeiro de todos os dias.

Quando puderes, recomeça. Sem atropelar o que te fez chegar até aqui e sem perder o que te há-de levar onde ainda não sabes que vais chegar.

Quando puderes, recomeça. Faz do medo uma pulseira e usa-o preso ao braço para te lembrares sempre que és tu que o prendes e nunca ele que te prende a ti.

Quando puderes, recomeça. Faz da dúvida um pássaro de origami e deixa-o voar num qualquer céu que não seja o teu. Que não sejas tu.

Quando puderes, recomeça. Respira fundo e levanta-te sempre como quem nunca chegou a cair.

Quando puderes, recomeça. Desiste do que te fez e faz andar em círculos e agarra o que te vai fazer quebrar a corrente.

Quando puderes, recomeça. Espera que a maré suba e mergulha como quem recebe o que a vida tiver para oferecer.

Quando puderes, recomeça. Leva aos outros o que achas que te deviam ter trazido a ti.

Quando puderes, recomeça. Solta as amarras do que te faz recuar.

Quando puderes, recomeça. Duvida do que pensas ser teu para sempre. Duvida das promessas e das garantias. Duvida da perfeição. Duvida de quem nunca tem dúvidas.

Quando puderes, recomeça. Põe sempre um pé atrás mas nunca ponhas os dois.

Quando puderes, recomeça. Surpreende-te com o que já tinhas visto e deslumbra-te com o que fez sempre parte de ti.

Quando puderes, recomeça. Aprende palavras novas. Aprende as pessoas. Aprende os países que visitares. Principalmente o teu.

Quando puderes, recomeça e prepara-te para descobrir que, afinal, ainda não sabes nada.

Quando puderes, recomeça. Como quem não tem medo de nascer outra vez.

Quando puderes, recomeça. Põe sempre um pé atrás mas nunca ponhas os dois.

Quando puderes, recomeça. Surpreende-te com o que já tinhas visto e deslumbra-te com o que fez sempre parte de ti.

Quando puderes, recomeça. Aprende palavras novas. Aprende as pessoas. Aprende os países que visitares. Principalmente o teu.

Quando puderes, recomeça e prepara-te para descobrir que, afinal, ainda não sabes nada.

Quando puderes, recomeça. Como quem não tem medo de nascer outra vez." M.Arrais

 

E é assim mesmo!

Autoria e outros dados (tags, etc)


sobre chegar lá

todosdias, em 19.10.16

caminho2.jpg

 

Ando inquieta/ansiosa, com a sensação de que estou a remar contra a maré ou que por muito que lute nunca irei atingir o que desejo... Tenho que deixar este pessimismo de lado, não existe nada que não consiga alcançar se assim o entender. Sei que tenho capacidades, só preciso de desenvolvê-las e nunca desistir. É importante avaliar os meus objectivos e estratégias...deixar este meu desconforto e insegurança de lado. Por vezes equaciono-me se não me acomodei ou será o medo de sair da minha zona de conforto. Acredito e tenho fé que a vida me levará no caminho certo para conseguir o que quero e não têm que ser exactamente como sonhei, o que interessa é lá chegar. E é assim mesmo!

Autoria e outros dados (tags, etc)


Experimentar para poder crescer

todosdias, em 14.10.15

win2.jpg

Sem dor não existiria a felicidade. Sem negativo, não existe positivo, tal como o Ying não existiria sem o Yang. Estes são dois lados que se encontram na procura de um equilíbrio, com vista à evolução. Como é que encontro o meu verdadeiro caminho, se não tiver tentado antes muitos outros? Como é que saberia o que não me faz bem? Só experimentando...

 

É isso mesmo, experimentar para poder crescer... e infelizmente o sofrimento é dos métodos mais rápidos de aprendizagem. Caminhos negativos do passado acompanharam os meus pensamentos na minha caminhada matinal. O vento e os raios de sol empurram-me para seguir em frente, para encarar as experiências negativas como se de aulas se tratassem e a grava-las na minha memória para não tornar a passar por elas! E é assim mesmo!

Autoria e outros dados (tags, etc)


Mais sobre mim

foto do autor


Preserverança

" Jogo a minha rede no mar da vida e às vezes, quando a recolho, descubro que ela retorna vazia. Não há como não me entristecer e não há como desistir. Deixo a lágrima correr, vinda das ondas que me renovam, por dentro, em silêncio: dor que não verte, envenena. O coração marejado, arrumo, como posso, os meus sentimentos. Passo a limpo os meus sonhos. Ajeito, da melhor forma que sei, a força que me move. Guardo a minha rede e deixo o dia dormir. Com toda a tristeza pelas redes que voltam vazias, sou corajosa o bastante para não me acostumar com essa ideia. Se gente não fosse feita pra ser feliz, Deus não teria caprichado tanto nos detalhes. Perseverança não é somente acreditar na própria rede. Perseverança é não deixar de crer na capacidade de renovação das águas. Hoje, o dia pode não ter sido bom, mas amanhã será outro mar. E eu estarei lá na beira da praia de novo. " Ana Jacomo

Direitos de autor

* Todas as fotos/imagens que tenham "todososdias" são minhas. Todas as outras, são retiradas da internet e estão aqui porque aparentemente são públicas. * Qualquer correção na citação da autoria (imagens ou mensagens) é só entrar em contato para eu poder corrigir.


Dias antigos

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D



Recortes_Sapo_Out12

recortes_sapo_ago14

destaques_Sapo_Dez14

destaques_Sapo_Ago18