Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



cozy.jpg

“Talvez seja o amor a única coisa que a gente quer e realmente precisa para ser feliz.” Diego Vinicius

A meteo prevê tempo frio e muita chuva por isso o forno vai bombar (assados e bolinhos reconfortam, enchem a casa de aromas e ajudam a torná-la mais quentinha), os planos estão mais que certos, entre a cozinha vs limpezas e trabalhos (que entraram em modo pausa devido ás festividades natalicias) e o sofá vs muitas mantas, filmes, livros e muita preguiça. São destas pequenas e grandes coisas que a vida é constituída. Momentos da vida e dizer-nos para esquecermos o mundo lá fora, das preocupações e dar espaço a que coisas bonitas aconteçam. Ficar na “toca” não necessita de ser confinamento obrigatório. Mas sim acreditarmos que criamos a nossa vida, ou melhor, a qualidade da nossa vida. E é assim mesmo.

 

* premir o botão pausa

Autoria e outros dados (tags, etc)


coisas boas deste fim-de-semana *

todosdias, em 02.10.23

casa.jpg

  1. cuidar da nossa casa com muito sol do lado de dentro.
  2. o cheirinho da tarte de maçã pela casa.
  3. domingo de sol, de preguiça boa, sem pressas.

* dois dias de sossego, de respirar fundo e de sentir as baterias carregadas para uma semana que se espera bonita.

Autoria e outros dados (tags, etc)


avaria

todosdias, em 07.07.22

avaria.jpg

A palavra correta para definir os acontecimentos do último mês é ‘Avaria’. Não chegam os dedos das mãos para enumerar a quantidade de ‘Avarias’.

Como uma "desgraça nunca vem só", as ‘Avarias’ propagaram-se a uma velocidade que mal deu para respirar, desde os estores, às máquinas de lavar roupa e loiça, máquina de café, ferramentas de bricolage entre outras peripécias que também posso denominar de ‘Avarias’. Pelo meio pintámos a sala, que me desorganizou a casa por vários dias, e ainda uns dias de casa cheia de gente, que implicou uma logística muito para além do habitual e muita gestão de relações familiares. A lista foi extensa e ainda estou modo 'digestão', [eu e a minha carteira]. Tenho o ritmo biológico todo baralhado, saí das rotinas, o trabalho também apertou e ainda tive que fazer mais horas.

Até um dente resolveu ‘Avariar’…Irr@!

No que tira e no que dá a vida sabe o que faz, por este meu crer, confio, não desisto e nem é tempo de baixar os braços. Por vezes o melhor é mesmo esperar apenas que tudo passe, tal como diz o povo "depois da tempestade vem a bonança", por isso é que acredito e tenho fé que mesmo que a vida me troque as voltas vale sempre a pena.

Aos poucos as ‘Avarias’ passam gradualmente a ‘Reparado’, a sala está pronta (ainda aproveitámos para arranjar algumas coisas que estavam pendentes há muito tempo), alguns electrodomésticos já estão operacionais (o custo-benefício sem dúvida que compensou), no trabalho é altura de tratar dos pendentes que não conseguimos fazer em tempo de aulas (em época de exames quase parece que estamos em modo pandemia com corredores vazios), o dente já saiu dos cuidados intensivos (ainda está em internamento mas está a responder bem ao tratamento), o restante da lista vai-se compondo ao ritmo que a vida flui. É altura de arrumar gavetas, reciclar o que já não faz falta, alinhar ideias, respirar fundo...abrir as janelas e deixar entrar o sol.

E é assim mesmo!

[Vou ali pôr a máquina da roupa a lavar porque depois de tantos dias de interregno, ela não pense que foi de férias…bora lá trabalhar]

Autoria e outros dados (tags, etc)


Planos para o fim-de-semana*

todosdias, em 22.10.21

home2.jpg

“A felicidade consiste mais em pequenas conveniências ou prazeres que ocorrem todos os dias do que em grandes pedaços de sorte que acontecem raramente.” Benjamin Franklin

Estas palavras encontraram-me…nada mais simples que a nossa casa, nada mais doce que a nossa casa, nada mais reconfortante que um fim-de-semana na nossa casa. O tempo começa a dar sinais de um outono que tarda em chegar, por isso vamos desligar-nos dos outros lá fora. Entre começar a organizar a casa para os dias frios que se aproximam, descansar, "vegetar" no sofá, filmes e ler. Reunirmos-nos à mesa saboreando refeições reconfortantes. Cuidar de nós e do amor que nos une. ♥

E é assim mesmo!

Autoria e outros dados (tags, etc)


O que se faz por aqui...

todosdias, em 02.03.21

cozi.jpg

Às vezes, são as pequenas coisas que nos salvam: reciclar, renovar e (re)criar. Exelente combinação com o tempo menos frio, os dias mais logos, os sorrisos que partilhamos e uma aconcheante chávena de chá. E é assim mesmo!

Autoria e outros dados (tags, etc)


março* |resumo da quarta semana|

todosdias, em 30.03.20

oficialmente em casa...

(Eu) muito embora os primeiros dias fossem com algum teletrabalho...era certo e sabido que a coisa ia abrandar. 

(Ele) pertence ao grupo dos serviços obrigatórios por isso têm que ir trabalhar...eventualmente virá para casa duas semanas no fim do mês de abril, conforme escala do plano de contingência, e a descontar nos dias de férias.

(Ela) Com muitas indefinições, num semestre que arrancou com apenas dois dias de aulas, planeiam-se e realizam-se alguns trabalhos. Incertos quanto a avaliações, mas com a certeza de que depois da Páscoa as aulas serão não-presenciais.

Sei bem o que é estar a trabalhar em casa, e sei bem o que é estar em casa sem trabalho por isso sei bem da necessidade básica de nos organizarmos e termos rotinas. Entre as memórias de voltar a (re)viver tudo outra vez, com o tempo e as longas esperas contra nós, bem como com a consciência que 10 anos depois tudo vai ser bem pior, há, portanto, que implementar ações estratégicas para nosso bem. Começámos com algumas e outras que estão na "calha" serão alvo de (re)implementação nas próximas semanas:

* limpar, limpar, limpar

Antecipam-se as limpezas de verão, estar em casa impulsiona o meu distúrbio obsessivo compulsivo para limpezas, vai ser repartido por algumas semanas é certo, mas:

- limpei o escritório, e o quarto (incluído cortinados, tapetes e volta pelas estantes cheias de objetos que esperavam melhores dias para serem arrumados)

- arrumei roupas/roupeiros/gavetas (a regra foi esvaziar, limpar e voltar a colocar tudo lá dentro outra vez, destralhando algumas coisinhas)

- lavei casacos/kispos/gabardines (antecipando que o regresso ao trabalho se fará com dias mais quentes)

*exercício, exercício, exercício

Por aqui os outfits mudaram, variam entre pijama e roupa desportiva. Na crise de 2008, caminhar era o plano A, com o bicho à solta na rua, exercícios online são agora o plano B. Levantamos cedo, organiza-se a marmita dele bem como as coisas da casa do dia-a-dia. Prontas na sala e devidamente equipadas, mãe e filha, saltam do Aerohiit para a Tabata, Pilates, Alongamentos, etc. Uma hora por dia, com muito boa disposição, que nos deixa às duas cheias de energia.

*cozinhar, cozinhar, cozinhar

Planear as refeições e confecionar de forma saudável são fundamentais para neste período nos organizarmos de forma sustentável. Andei meio perdida, porque no início do mês não fiz as minhas habituais compras semanais, e o caos que se instalou nas idas às compras obrigou-me a usar muito da minha imaginação para a "coisa" não colapsar por aqui. Finalmente, e após 4 semanas, consegui reabastecer a despensa, só com o indispensável e sem exageros. Agora sem a correria dos dias, este meu lugar especial é sem dúvida o meu suporte básico de vida...de prazer com o meu eu interior. 

*cuidar, cuidar, cuidar

Fins-de-semana, são fins-de-semana...ligamos o botão pausa. Há tempo para “vegetar” no sofá, as conversas são postas em dia, partilhamos gostos e não falta o mais importante, reunirmos-nos à mesa saboreando refeições reconfortantes. Cuidar de nós e do amor que nos une. ♥

E é assim mesmo!

Autoria e outros dados (tags, etc)


Mais sobre mim

foto do autor


Preserverança

" Jogo a minha rede no mar da vida e às vezes, quando a recolho, descubro que ela retorna vazia. Não há como não me entristecer e não há como desistir. Deixo a lágrima correr, vinda das ondas que me renovam, por dentro, em silêncio: dor que não verte, envenena. O coração marejado, arrumo, como posso, os meus sentimentos. Passo a limpo os meus sonhos. Ajeito, da melhor forma que sei, a força que me move. Guardo a minha rede e deixo o dia dormir. Com toda a tristeza pelas redes que voltam vazias, sou corajosa o bastante para não me acostumar com essa ideia. Se gente não fosse feita pra ser feliz, Deus não teria caprichado tanto nos detalhes. Perseverança não é somente acreditar na própria rede. Perseverança é não deixar de crer na capacidade de renovação das águas. Hoje, o dia pode não ter sido bom, mas amanhã será outro mar. E eu estarei lá na beira da praia de novo. " Ana Jacomo

Direitos de autor

* Todas as fotos/imagens que tenham "todososdias" são minhas. Todas as outras, são retiradas da internet e estão aqui porque aparentemente são públicas. * Qualquer correção na citação da autoria (imagens ou mensagens) é só entrar em contato para eu poder corrigir.


Dias antigos

  1. 2024
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2023
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2022
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2021
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2020
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2019
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2018
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2017
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2016
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2015
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2014
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2013
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2012
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2011
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D