Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Inspiração para inicio da semana

todosdias, em 21.11.22

caminho.jpg

“A nossa maior fraqueza é a desistência. O caminho mais certeiro para o sucesso é tentar sempre mais uma vez.” Thomas Edison

Estas palavras encontraram-me... por mais caminhos tortos, escolhas erradas, certezas ignoradas e contas mal feitas que tenha feito, tenho fé a acredito que a vida me dá sempre uma nova oportunidade a cada (re)começo.  Então, porquê desistir? Com tudo o que adquiri pelo caminho posso sempre fazer muito mais e bem melhor.

Serenidade para aceitar o que não posso mudar e (re)começar com coragem o que posso. E porque a vida é sobre o coração...sempre com amor. E é assim mesmo!

Autoria e outros dados (tags, etc)


avaria

todosdias, em 07.07.22

avaria.jpg

A palavra correta para definir os acontecimentos do último mês é ‘Avaria’. Não chegam os dedos das mãos para enumerar a quantidade de ‘Avarias’.

Como uma "desgraça nunca vem só", as ‘Avarias’ propagaram-se a uma velocidade que mal deu para respirar, desde os estores, às máquinas de lavar roupa e loiça, máquina de café, ferramentas de bricolage entre outras peripécias que também posso denominar de ‘Avarias’. Pelo meio pintámos a sala, que me desorganizou a casa por vários dias, e ainda uns dias de casa cheia de gente, que implicou uma logística muito para além do habitual e muita gestão de relações familiares. A lista foi extensa e ainda estou modo 'digestão', [eu e a minha carteira]. Tenho o ritmo biológico todo baralhado, saí das rotinas, o trabalho também apertou e ainda tive que fazer mais horas.

Até um dente resolveu ‘Avariar’…Irr@!

No que tira e no que dá a vida sabe o que faz, por este meu crer, confio, não desisto e nem é tempo de baixar os braços. Por vezes o melhor é mesmo esperar apenas que tudo passe, tal como diz o povo "depois da tempestade vem a bonança", por isso é que acredito e tenho fé que mesmo que a vida me troque as voltas vale sempre a pena.

Aos poucos as ‘Avarias’ passam gradualmente a ‘Reparado’, a sala está pronta (ainda aproveitámos para arranjar algumas coisas que estavam pendentes há muito tempo), alguns electrodomésticos já estão operacionais (o custo-benefício sem dúvida que compensou), no trabalho é altura de tratar dos pendentes que não conseguimos fazer em tempo de aulas (em época de exames quase parece que estamos em modo pandemia com corredores vazios), o dente já saiu dos cuidados intensivos (ainda está em internamento mas está a responder bem ao tratamento), o restante da lista vai-se compondo ao ritmo que a vida flui. É altura de arrumar gavetas, reciclar o que já não faz falta, alinhar ideias, respirar fundo...abrir as janelas e deixar entrar o sol.

E é assim mesmo!

[Vou ali pôr a máquina da roupa a lavar porque depois de tantos dias de interregno, ela não pense que foi de férias…bora lá trabalhar]

Autoria e outros dados (tags, etc)

spring.jpg

“Sucesso é.… ter consciência de que viver é enfrentar um problema atrás do outro. O modo como encara os problemas é que faz a diferença.” autor desconhecido

Estas palavras encontraram-me… a vida não é apenas feita de bons momentos e por vezes sou confrontada com barreiras que são difíceis de transpor, mas é exatamente nessas alturas que me apercebo de quão forte consigo ser, é exatamente nessas altura que tenho de chamar o meu “guerreiro interior” e lutar, lutar, lutar…

Nem sempre é fácil enfrentar um fim, mas a vida têm-me ensinado que quando isso acontece algo de novo irá surgir e, na maioria das vezes, é muito melhor. À semelhança da Natureza, também eu tenho a capacidade infinita de (re)começar. Olhar para os ritmos da Natureza e aproveitar a Primavera para me alinhar.

Tenho fé e acredito na minha força interior, na minha capacidade de superar qualquer dificuldade. Por isso sigo em frente, mesmo sabendo que nem sempre foi, é ou será perfeito. Grata á vida pelas coisas boas e também pelas menos boas que me fizeram crescer e valorizar todas as outras.

Manter uma atitude positiva poderá ser meio caminho andado para a vitória. E é assim mesmo!

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


Estímulos para inicio de semana

todosdias, em 14.03.22

dentro3.jpg

“Não se viam as plantas cobertas pela neve. - E o lavrador, dono do campo, comentou jovialmente: "Agora, crescem para dentro". - Pensei em ti; na tua forçosa inatividade - Diz-me: também cresces para dentro?” Josemaría Escrivá

Estas palavras encontraram-me… raramente a minha inércia e/ou inação indicam crescimento interior, indica pelo contrário, uma recusa mais ou menos consciente de crescer, e então adopto uma postura de: “As coisas não vão bem, não vão como eu quero, portanto, vou ficando por aqui que aqui é confortável”

Acredito que uma boa parte do percurso está já para trás das minhas costas e boa parte do trabalho mais pesado também. Olho para o que já construi, faço uma avaliação honesta da minha vida e orgulho-me daquilo que já ultrapassei e do que já venci. Há mais trabalho pela frente? Sim, é verdade, há, mas que seca seria a vida sem ele. Porém, o trabalho deve trazer-me satisfação e prazer, senão acaba por ser um fardo e aos poucos a desmotivação instala-se ao ponto de por vezes chegar até a pensar: “para quê esforçar-me?” Para minha própria satisfação, ora! Não desisto de me realizar. Porque haveria? Se no emprego onde estou não tenho hipótese de mudar ou melhorar, se não posso ser proativa nem crescer então procuro fora daqui. Procuro fora o que não tenho dentro. Uma atividade extra, um hobbie, atividades criativas, intelectuais ou espirituais. Há tanta coisa para fazer, só fica sem nada para fazer quem quer. Estímulos, preciso de estímulos, hoje e sempre.

E é assim mesmo!

Autoria e outros dados (tags, etc)


março 💙🌼

todosdias, em 01.03.22

march.jpg

"ela tem essa mania de seguir em frente, mania de ser forte e nao se abalar por pouca coisa" francisco

amém 💛

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


lições ❥

todosdias, em 01.02.22

licao.jpg

‘Que eu nunca mendigue paz para a minha dor, mas coração forte para dominá-la.’ Tagore 

Estas palavras encontraram-me...as dores, como já sei, são lições pelas quais tenho de passar, portanto, aceito-as e faço o melhor que posso nessas fases mais adversas. Muitas dessas dores também advêm das expectativas que coloco em questões exteriores a mim. Além disso uma das piores dores é confrontar-me com a realidade, com as reais personalidades das pessoas, algumas que já conhecia há anos. Será que algum dia as conhecerei verdadeiramente? Ou tornaram-se assim por causa das circunstâncias?

Todos temos um lado solar e outro lunar, por mais que o escondamos, mas é nos momentos limite que nos conhecemos a sério. Procuro relativizar cada uma das situações que considero difíceis e vejo o lado brilhante de cada uma delas: O que aprendi com isto? O que melhorei? Que ilações maduras tiro desta situação? Como cresci com esta experiência? Assim sim, limpo o meu coração e alma num instantinho e fico mais preparada para viver o que é meu de direito.

E é assim mesmo!

Autoria e outros dados (tags, etc)


Mais sobre mim

foto do autor


Preserverança

" Jogo a minha rede no mar da vida e às vezes, quando a recolho, descubro que ela retorna vazia. Não há como não me entristecer e não há como desistir. Deixo a lágrima correr, vinda das ondas que me renovam, por dentro, em silêncio: dor que não verte, envenena. O coração marejado, arrumo, como posso, os meus sentimentos. Passo a limpo os meus sonhos. Ajeito, da melhor forma que sei, a força que me move. Guardo a minha rede e deixo o dia dormir. Com toda a tristeza pelas redes que voltam vazias, sou corajosa o bastante para não me acostumar com essa ideia. Se gente não fosse feita pra ser feliz, Deus não teria caprichado tanto nos detalhes. Perseverança não é somente acreditar na própria rede. Perseverança é não deixar de crer na capacidade de renovação das águas. Hoje, o dia pode não ter sido bom, mas amanhã será outro mar. E eu estarei lá na beira da praia de novo. " Ana Jacomo

Direitos de autor

* Todas as fotos/imagens que tenham "todososdias" são minhas. Todas as outras, são retiradas da internet e estão aqui porque aparentemente são públicas. * Qualquer correção na citação da autoria (imagens ou mensagens) é só entrar em contato para eu poder corrigir.


Dias antigos

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2018
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2017
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2016
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2015
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2014
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2013
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2012
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2011
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D