Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Simples ☘ ❤️

todosdias, em 15.09.16

backtoscholl.jpg

 

"todososdias" 

 

Hoje é um dia especial, porque o dia em que uma filha entra para o ultimo ano do secundário é sinónimo de um ciclo que irá em breve acabar para dar lugar a outro. Independentemente do que vier a acontecer quero somente que ela seja muito feliz..
 
Hoje é um dia especial, ela entra numa fase que de certeza jamais vai esquecer: viagem de finalistas, baile, exames, médias. Vai ter tanto para fazer, para viver ...tem tudo o que precisa para acreditar que vai ser um ano muito bom.
 
Hoje é um dia especial, por isso celebrámos ao pequeno almoço as duas, neste regresso às rotinas. O dia já antecipa o outono que está quase a chegar mas o sol não nos deixou de brindar por entre as nuvens. Simples ☘  ...umas panquecas com manteiga, açúcar e canela...Tão bom começar o dia assim...muito mimo, muita cumplicidade e muito amor. ❤️
 
Vai dar certo ☘
 
 
 
 

Autoria e outros dados (tags, etc)


Reciclar livros escolares

todosdias, em 06.09.16

manuais.jpg 

Mais um ano escolar a começar e os livros já estão na prateleira desde o mês passado, "reciclados" como é habito.

É hora de fazer contas:

 

Comprar

Menos disciplinas, menos manuais, mas não menos custos, há medida que se avança nos anos de escolaridade os livros também "avançam" no preço.

* Gasto previsto - 153,98€

* Gasto efectivo - 59,50€

* Poupança - 94,48€

Mais uma vez a poupança ultrapassa os 50%, e foram todos boas compras à excepção de um que vinha em mau estado. Este ano pela primeira vez sei que fui enganada, o manual que adquiri não era o que estava na fotografia do anuncio, claro que limpámos e plastificámos, mas não me tinha custado nada dar mais uns euros. O que me custou foi mesmo a falta de seriedade. 

 

Vender

Este ano foi ano também de vender, não todos, apenas os que não são disciplina de exame, os restantes logo se vê para o ano.

Consegui vender todos os manuais que pus à venda.

*Ganho - 60€

 

Resultado este ano não gastei nada em livros escolares, o valor que previ este ano para despesas escolares, como também já vai sendo hábito, vai todo para tudo o que a minha filha necessitar para a nova estação 🍂

Assim que o meu marido não precisar do carro...lá vamos as duas para as compras ;)

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


Back to School - (re)decorar ♥

todosdias, em 23.08.16

cadernos.jpg

 

"todososdias" 

 

À semelhança do ano passado, a minha filha quis (re)decorar os cadernos e este ano optou por forrar com tecido. Tínhamos várias ideias mas só quando encontrámos o tecido que ela gostava é que definimos como iríamos fazer. Com muita paciência e dedicação recortamos os tecidos, colámos, cozemos as rendas e até uma bolsa para colocar apontamentos fizemos na parte de dentro dos cadernos. O que deu mais trabalho foi a parte das argolas pois queríamos que ficasse perfeito e sem "vestígios" das capas originais, retirar foi fácil mas recolocar foi demorado e custou um pouco porque tivemos que estar a fazer furos no tecido.

O resultado final superou as nossas expectativas e é tão bom e divertido passarmos algumas horas, as duas, entretidas a fazer trabalhos manuais. Um gosto comum que nos une de cumplicidade, sabe tão bem!

 

Vamos a contas: 

Caderno A4 capa dura,120fls. - 1€ x 2 (um verdadeiro achado, tivemos a sorte de encontrar cadernos da colecção do ano passado em promoção por isso só aqui conseguimos uma poupança de apx. 6€)

Tecido e renda: 10€  - (Admito que foi caro, os tecidos estão demasiado caros mas com as medidas certinhas consegui não desperdiçar nada)

Cola - 1,35€

Total: 13,35€ (A poupança nos cadernos foi significativa acabou por compensar o custo elevado dos tecidos, mesmo assim este ano gastei um pouco mais tendo em conta que os dois cadernos serão para 4 disciplinas, o custo foi de 3,35€ por disciplina. No entanto mais uma vez não foi preciso gastar um dinheirão para se ter coisas giras e ainda por cima personalizadas.)

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

home2.jpg

 

A velocidade com que este mês passou foi alucinante. Se por um lado o facto de estar sempre ocupada e com coisas para fazer mantiveram-me num estado menos ansioso, por outro lado a sensação deste tempo, que teima em correr, coloca-me com muitas duvidas dos obstáculos que tenho que superar e se não estarei simplesmente a procrastinar.

Como Inverno já começou a dar o ar da sua graça, comecei a preparar-me para o receber, reorganizei armários e aproveitando o sol que têm estado tenho feito algumas arrumações e limpezas que andava a adiar.

Os fins-de-semana têm sido aqui por casa, tranquilos e sem pressas. Ainda ouve tempo para mais uma escapadinha à aldeia, para mais umas limpezas de Inverno, desta vez não a três, mas a seis. Aliás as ultimas duas escapadinhas foram a seis, gosto muito que eles finalmente nos acompanhem e gosto particularmente de sentir que aos poucos aquele lugar também lhes faz bem como nos faz a nós.

 

#ela

A primeira ronda de testes foi positiva, aos poucos ela vai ultrapassando o problema do ano passado, está mais confiante, mais motivada e mais empenhada. De facto o sacrifício que fez para passar o ano passado, considerando o que lhe estava a acontecer, valeu bem a pena. Eu sei que as médias são fundamentais para o futuro, mas é só o principio e tudo pode ser recuperado. O nosso apoio e as novas amizades muito têm contribuído para que as coisas sigam um novo caminho. Vêr que ela, aos poucos, vai ficando emocionalmente tranquila é sem duvida prova de uma batalha vencida. 

O joelho é agora o nosso principal foco de preocupação, as dores agravaram-se e a paragem da dança acabou por ser uma realidade. Medicação, exames, consultas e agora fisioterapia. Sei que ela esta muito triste mas aos poucos vai percebendo que a recuperação é fundamental para puder voltar a dançar e que isso implica fazer alguns sacrifícios. Como disse o fisioterapeuta, estas lesões são chatas pela morosidade do tempo de recuperação. Estou optimista e tenho fé que vai correr bem e que no inicio do ano ela vai poder voltar à sua paixão que é a dança, é só uma questão de tempo e paciência.

 

#ele

Trabalhou o mês todo, agora vivemos à semana, a situação de trabalho temporário mantêm-se com a agravante de que não é como no inicio que sabíamos que ia trabalhar por dois meses. Agora só às sextas-feiras ao fim do dia é que sabemos se ele vai trabalhar na próxima semana ou não. Ninguém consegue imaginar o que é viver assim, nesta angustia semanal, mas o mês de Outubro foi bem pior: um dia em casa, dois dias a trabalhar, cinco dias em casa, três dias a trabalhar. Aos poucos este sentimento de angustia e de revolta vai se minimizando dentro de nós, agarramos-nos á força maior que nos une e damos graças por ele estar a trabalhar. Rezo todos os dias para que uma sexta-feira em vez de lhe dizerem: "vens para a semana", lhe digam: "vens por "x" meses". Precisávamos tanto de sentir um pouco dessa paz, nem que fosse só por meia dúzia de meses. Estou optimista e tenho fé que vai correr bem, é só uma questão de acreditar e confiar.

 

#eu

Uns dias vou caminhar, outros tenho coisas para tratar, outros fico simplesmente a procrastinar. Odeio o horário de Inverno, incomodam-me os dias mais pequenos, acho que é por isso que sinto que os dias têm passado mais rápido. As mesmas rotinas, as mesmas paredes, por aqui ando sozinha. Certo que tenho estado sempre ocupada, mas sinto-me tipo o back office deles os dois, entram e saem, sem nunca me perguntarem como foi o meu dia.

A verdade é que apesar de me sentir sozinha não sinto a tristeza e as ansiedades de outros tempos, já faz um ano que deixei a medicação, sem duvida que foi um processo doloroso porque o efeito que o nosso organismo sente pela privação dos mesmos é difícil de superar mas olhando para trás admito que só me faziam mal principalmente porque me apercebi que me deixavam ainda mais angustiada e ansiosa. Hoje sinto-me bem melhor, encaro as noites mal dormidas como um processo natural, de dias difíceis com muitos problemas, que os comprimidos não resolvem e que é superado pelo bem estar que sinto dentro de mim.

A promessa de um emprego mantêm-se, só não sei para quando, é um "namoro" que já têm quatro anos mas que nunca se tornou oficial, tem dias que ganho grandes expectativas, tem outros que o silencio já se prolongou por tantos dias que chego a pensar que já não vai acontecer. Estou optimista e tenho fé que vou voltar a trabalhar, é só uma questão de esperar que a porta abra de vez ...é só deixar a vida acontecer. 

 

Grata por Novembro, que sem duvida passou a correr, mas sempre com muito amor. Grata por este amor maior que habita na nossa casa. Estou optimista e tenho fé, que, muito em breve, algo bonito pode acontecer nas nossas vidas. Desperto a esperança, abro o coração e confio. E é assim mesmo!

b

Autoria e outros dados (tags, etc)


Back to School - (re)decorar ♥

todosdias, em 08.09.15

caderno novo 3.jpg

 

"todososdias"

 

"Se você trabalhar com forças boas, será guiado na direção certa e entrará em harmonia com a natureza." Lenda do filtro dos sonhos

 

Por aqui preferem-se cadernos A4, de capa dura, todos anos iguais: simples, sem desenhos e com possibilidade de serem divididos para várias disciplinas de modo a ser mais prático para o dia-a-dia. Todos os anos sugiro a possibilidade de os (re)decorarmos, com tecido ou outros materiais, mas a minha filha acaba sempre por nunca querer e ficam sempre como os compramos. Este ano foi excepção, após ter visto um vídeo que adorou, resolvi ajudar e metemos mão à obra. Primeiro procuramos os autocolantes de modo a decidir quais os materiais que necessitaríamos de comprar para completar a (re)decoração. Por coincidência encontramos iguais aos do vídeo, excepto o "filtro dos sonhos". Não resisti e resolvi eu própria, (re)aproveitando autocolante prateado que tinha cá em casa. Uma pesquisa na net para encontrar um filtro que fosse simples de desenhar e principalmente de o recortar. No final optámos por plastificar. (Nota: a cartolina azul, onde colámos os autocolantes, não está colada ao caderno de modo a que se ela quiser (re)decorar novamente basta descolar o que plastificamos.) Gostei muito de fazer e de como ficou. E principalmente porque o fizemos as duas, soube tão bem!

 

O filtro dos sonhos serve como uma mandala para inspirar a criatividade, imaginação e ajudar a transformar todos os sonhos e objetivos em realidade.

 

Que este filtro te inspire e te ajude a transformar todos os sonhos em realidade neste novo ano que agora começa. Muitas forças boas. Amo-te filha!

 

Filtro dos sonhos: é um amuleto típico da cultura indígena norte-americana que, supostamente, teria o poder de purificar as energias, separando os "sonhos negativos" dos "sonhos positivos", além de trazer sabedoria e sorte para quem o possui. Também chamado de "Caçador de sonhos", "Espanta pesadelos" ou "Catasonhos", o dreamcatcher - nome original em inglês do filtro dos sonhos - é considerado um símbolo dos costumes e da cultura indígena norte-americana. O filtro dos sonhos consiste num círculo. Os sonhos bons (aqueles que possuem mensagens importantes) teriam a capacidade de passar pelo circulo formado no centro da teia, enquanto que todas as energias malignas ficariam presas nos fios da teia. A pena simboliza a respiração e o ar, elemento essencial para a vida.

 

Vamos a contas: Não é preciso gastar um dinheirão para se ter coisas giras e ainda por cima personalizadas. 

Caderno A4 capa dura, pautado 160fls. - 2,39€

Autocolantes - 3,99€

Cartolina - 0,69€

Total: 7,07€ (tendo em conta que o caderno dá para 5 disciplinas, o custo foi de 1,14€ por disciplina)

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


Reciclar livros escolares

todosdias, em 15.07.15

manuais.jpg 

Se nos últimos três anos têm corrido bem, não vou alterar, por isso meti novamente "mãos à obra." Este ano foi só comprar porque a minha filha têm exames para o ano e os manuais do ano lectivo passado ainda vão fazer falta. 

Já conheço mais ou menos como a "coisa" funciona, como pesquisar, como verificar o estado dos manuais, etc. porque nem sempre os mais baratos são os melhores, mas consegue-se boas compras a bons preços, basta paciência e persistência.

Inicialmente verifiquei que contrariamente aos outros anos a oferta era maior, o que significa que cada vez mais as pessoas estão a aderir a reciclar livros escolares, mas maior oferta não significa maior facilidade em comprar. Muitos emails sem resposta, muitos livros à venda e que já estão vendidos, que me levou a ter mais cuidado e menos confiança nas compras. Tive duas semanas em que só consegui adquiri um manual. Mas nos últimos dias até correu bem e já tenho os livros todos e impecáveis. O truque desta vez foi estar atenta aos manuais colocados à venda mais recentemente, sempre com atenção ao preço e ao estado dos mesmos.

Contas finais: 

* Gasto previsto - 216,19€

* Gasto efetivo - 90,80€

* Poupança - 125,39€

Mais uma vez a poupança ultrapassa os 50%, sei que poderia optar por tentar junto da biblioteca ou da própria escola que eles fazem trocas de manuais escolares e o custo seria provavelmente menor, mas teria que entregar manuais antigos e não tenho. Além disso costumam exigir que os manuais não tenham riscos ou escritos e isso eu não concordo, porque se os manuais existem é para serem usados, compro manuais sublinhados e com exercícios feitos (desde que se possam apagar) sem problema nenhum a minha única exigência é que estejam em bom estado, sem folhas rasgadas e/ou danificadas. Aqui em casa os manuais são sempre plastificados, mesmo em 2ª mão, a minha filha sublinha o que necessita e gosta de fazer todos os exercícios. Não faz rabiscos e usa sempre lápis, por isso quando os ponho à venda, basta apagar e estão sempre impecáveis. 

 

Agora é hora de irmos às compras...já começámos a fazer a lista do que vai ser necessário para a próxima estação :)

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


Mais sobre mim

foto do autor


Preserverança

" Jogo a minha rede no mar da vida e às vezes, quando a recolho, descubro que ela retorna vazia. Não há como não me entristecer e não há como desistir. Deixo a lágrima correr, vinda das ondas que me renovam, por dentro, em silêncio: dor que não verte, envenena. O coração marejado, arrumo, como posso, os meus sentimentos. Passo a limpo os meus sonhos. Ajeito, da melhor forma que sei, a força que me move. Guardo a minha rede e deixo o dia dormir. Com toda a tristeza pelas redes que voltam vazias, sou corajosa o bastante para não me acostumar com essa ideia. Se gente não fosse feita pra ser feliz, Deus não teria caprichado tanto nos detalhes. Perseverança não é somente acreditar na própria rede. Perseverança é não deixar de crer na capacidade de renovação das águas. Hoje, o dia pode não ter sido bom, mas amanhã será outro mar. E eu estarei lá na beira da praia de novo. " Ana Jacomo

Direitos de autor

* Todas as fotos/imagens que tenham "todososdias" são minhas. Todas as outras, são retiradas da internet e estão aqui porque aparentemente são públicas. * Qualquer correção na citação da autoria (imagens ou mensagens) é só entrar em contato para eu poder corrigir.


Dias antigos

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D



Recortes_Sapo_Out12

recortes_sapo_ago14

destaques_Sapo_Dez14

destaques_Sapo_Ago18