Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Deixar ir...

todosdias, em 05.02.20

cofe.jpg

Quando alguém é prepotente, é opressor, é dono da razão, é melhor não dizer nada.

Quando alguém está decidido a não querer entender, a não querer aceitar, a não querer mudar, é melhor não dizer nada.

É melhor deixar que seja o silêncio a dizer tudo. É melhor mudar o foco. É melhor não deixar que a energia negativa contamine. É melhor não deixar que afete a autoestima. É melhor esperar e confiar que a vida se encarregue de fazer o mundo girar e de voltar a colocar tudo e todos no devido lugar.

Não significa acatar tudo o que dizem, mas sim ouvir com atenção e selecionar aquilo que se considera relevante para a vida. Deixar ir, com humildade e autoconfiança, e a vida flui.

E é assim mesmo!

(vou lá fora beber um café, apanhar sol...já volto)

Autoria e outros dados (tags, etc)


nova semana, novo recomeço

todosdias, em 28.10.19

novo.jpg

"Recomeça....

Se puderes

Sem angústia

E sem pressa.

E os passos que deres,

Nesse caminho duro

Do futuro

Dá-os em liberdade.

Enquanto não alcances

Não descanses.

De nenhum fruto queiras só metade.

 

E, nunca saciado,

Vai colhendo ilusões sucessivas no pomar.

Sempre a sonhar e vendo

O logro da aventura.

És homem, não te esqueças!

Só é tua a loucura

Onde, com lucidez, te reconheças..."

Miguel Torga

Estas palavras encontraram-me… todos os dias começamos e durante o dia várias vezes (re)começamos. É hoje assim, foi ontem e será assim amanhã se ele chegar. Um constante começar de novo e isso é o que temos de agradecer à vida: o facto de nos dar a cada instante o poder de escolha, a oportunidade de mudar e sempre um novo começo para de novo (re)começar.

Esta semana é sinónimo de (re)começos. O importante é começar com o pé direito, com as mãos bem abertas e com a confiança que somos capazes de chegar onde queremos quando persistimos.

Por isso, um brinde aos (re)começos! É tempo de olhar em frente, com muita esperança e muita fé, mesmo sabendo que nem sempre foi, é ou será perfeito. Grata á vida pelas coisas boas e também pelas menos boas que nos fizeram crescer e valorizar todas as outras. Grata por esta nossa teimosia em querermos ser felizes todos os dias!

E é assim mesmo!

 

(quatro anos, seis contratos, sempre no mesmo sitio…e muita persistência todos os dias)

Autoria e outros dados (tags, etc)


amor é *

todosdias, em 14.02.19

IMG_20190214_174309.jpg

* encontrar pessoas bonitas que nos fazem sentir em casa ❤

Autoria e outros dados (tags, etc)


Agir

todosdias, em 22.03.18

 

caminho.jpg

 

“Os que, para agir, esperam sempre que tudo seja perfeito, jamais realizarão alguma coisa” Monsenhor Ancel

 

Estas palavras encontraram-me...os últimos tempos estão a ser muito duros, tem dias que sinto que estou a agir no caminho certo, tem dias que sinto que este meu agir é procrastinar à espera da conjuntura perfeita e da energia perfeita.

Será que em vez estar a agir estou a enganar-me a mim própria? A "tapar o sol com a peneira", porque simplesmente tenho medo de não conseguir nem estar preparada para dar aquele salto, para arriscar, para conquistar ou para simplesmente mostrar o que sinto.

Haverá um tempo perfeito para o fazer? É claro que existem conjunturas melhores ou piores, mas perfeitas? Hummm...não me parece! Essa é apenas uma desculpa que a minha mente usa para que continue parada no meu cantinho, aparentemente, tão seguro e ao mesmo tempo tão inseguro.

Têm dias que sinto que este meu lutar e agir não é suficiente e que na maioria das vezes “fico a ver os navios passar”… O mais engraçado é que, mesmo assim, sou capaz de me queixar da vida e das poucas oportunidades que tive. Será que foram assim tão poucas? Será que não preferi fingir que não via?

Hoje acordei assim, pensativa e em retrospectiva...a analisar, a tentar encontrar dentro de mim resposta se é isto mesmo que desejo.

Como se costuma dizer “nem tudo o que luz é ouro” e esta solução fácil e rápida, acaba por me estar a emaranhar em problemas ainda maiores. 

O certo é que não posso ficar a lamentar-me de tudo o que não sou ou não tenho, melhor ou pior, perfeita ou imperfeita, tenho que realizar alguma coisa!

Autoria e outros dados (tags, etc)


Boas festas 😞

todosdias, em 14.12.16

Desde outubro que as apresentações quinzenais deixaram de se realizar. Recebi uma carta a solicitar a minha presença com o assunto: atualização de dados.

- Bom dia! (apresentei a carta recebida)

- Bom dia! (a funcionária escreve o meu numero no sistema). Continua desempregada?

- Sim

- Então Boas Festas! (a funcionária rabiscou a carta e devolve com um sorriso).

 

(senti-me humilhada )

Autoria e outros dados (tags, etc)


seis meses já passaram

todosdias, em 29.03.16

pausa2.jpg

O mais difícil desta imensa pausa é que os meus medos vão-me destruindo, a promessa de trabalho para Janeiro saltou para Fevereiro e prolongou-se até Março. Prometi a mim mesma que ganhava coragem e que depois da Páscoa ia tentar perceber o porquê desta tão longa espera, uma receita médica foi o mote e eu que pensava que andava a adiar a vida encarregou-se de adiar por mim. A candidatura não foi aceite porque um dos requisitos é eu estar desempregada à mais de seis meses, por isso só em Abril é que se pode submeter nova candidatura.

 

Doeu, senti o mundo desabar um pouco dentro de mim,  mas a promessa mantêm-se. Saber a verdade alivia a minha ansiedade diária a cada vez que o telefone toca, mas um misto de tristeza e medo que volte a falhar encheu o meu coração. A verdade é que as coisas para nós nunca avançam à primeira, as chaves nunca giram à primeira, as portas nunca abrem sozinhas...temos sempre que empurrar, com muita, muita força.

 

Nos momentos de maior insegurança e medo pergunto-me se não me estou a acomodar, ou se é a minha ansiedade a falar mais alto. Os dias estão a custar a passar, estão a custar a virar ao contrário, mas acredito e tenho fé que apesar de tardar as coisas não vão falhar. Respiro fundo e tento acalmar o meu coração, digo-lhe que basta deixar fluir e deixar que as coisas voltem aos seus lugares pela mão da vida. Acredito e tenho fé que todos os dias o dia que espero fica mais perto. E é assim mesmo!

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


Mais sobre mim

foto do autor


Preserverança

" Jogo a minha rede no mar da vida e às vezes, quando a recolho, descubro que ela retorna vazia. Não há como não me entristecer e não há como desistir. Deixo a lágrima correr, vinda das ondas que me renovam, por dentro, em silêncio: dor que não verte, envenena. O coração marejado, arrumo, como posso, os meus sentimentos. Passo a limpo os meus sonhos. Ajeito, da melhor forma que sei, a força que me move. Guardo a minha rede e deixo o dia dormir. Com toda a tristeza pelas redes que voltam vazias, sou corajosa o bastante para não me acostumar com essa ideia. Se gente não fosse feita pra ser feliz, Deus não teria caprichado tanto nos detalhes. Perseverança não é somente acreditar na própria rede. Perseverança é não deixar de crer na capacidade de renovação das águas. Hoje, o dia pode não ter sido bom, mas amanhã será outro mar. E eu estarei lá na beira da praia de novo. " Ana Jacomo

Direitos de autor

* Todas as fotos/imagens que tenham "todososdias" são minhas. Todas as outras, são retiradas da internet e estão aqui porque aparentemente são públicas. * Qualquer correção na citação da autoria (imagens ou mensagens) é só entrar em contato para eu poder corrigir.


Dias antigos

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D



Recortes_Sapo_Out12

recortes_sapo_ago14

destaques_Sapo_Dez14

destaques_Sapo_Ago18